Seguidores

terça-feira, 30 de maio de 2017

Machismo enfurezido nas redes sociais de Novo Progresso!



Machista, método fácil: dê uma olhada nos seus xingamentos.
video

Entre as inúmeras estratégias do descontrole social, uma das mais eficazes é a ridicularizarão – muito fácil xingar o outro, principalmente quando o sexo inferior - parece doido pensar que algum cretino se comportando como uma criança vingativa de cinco anos tem algum poder, mas faz sentido. Afinal, ninguém quer ser ridículo, pois ser ridículo significa ocupar uma posição socialmente inferior. É perder credibilidade e status.
Imagem Ilustrativa

O Machismo enfurecido tomou conta das redes sociais neste final de semana em grupos de WhatsApp de Novo Progresso. 
Com raiva da atual gestão comerciante perde o controle ou mostra quem realmente é! Generaliza em áudio xinga secretários de VAGABUNDOS e secretarias de PROSTITUTAS.





Chamar outra mulher de "puta" é cuspir no espelho
É possível que você já tenha ouvido alguma mulher chamando outras mulheres de “putas”, “vadias”, “periguetes” e outros termos com esse teor – se é que não foi você mesma a mulher a proferir tais xingamentos. Muitas mulheres que chamam outras de “putas” estão tentando demarcar um território, uma diferença entre elas e as outras. Para elas, é como se o fato das outras serem “vulgares” automaticamente assegurasse a própria reputação. O imenso equívoco está aí, pois chamar outra mulher de puta não te torna imune ao machismo; você não fica vacinada contra esses mesmos xingamentos. De fato, ser vista e ofendida como uma “vadia” é um dos primeiros atos de agressão proferidos contra todas as mulheres.Isso acontece porque o machismo é um sistema de desvalorização e violência contra todas as mulheres, não apenas contra algumas. Muito pouco é necessário para ser chamada de “puta”. É verdade que mulheres que usam roupas curtas, dançam rebolando até o chão e fazem sexo com diversas pessoas são constantes vítimas do machismo, mas isso não significa que as mulheres heterossexuais, casadas, donas de casa ou que se sentem mais “intelectuais” do que as outras não estejam na mira desses julgamentos. Foi isto que ocorreu em Novo Progresso neste final de semana, o machismo encarnado com ódio em um homem difamou, julgou e condenou as mulheres representantes do povo progressense.. 

Palavras proferidas pelo machista:
*Todas prostitutas, incompetentes!!  Não mostra de onde vem a prostituição e a incompetência, massificou, generalizou...
"Anteriormente o mesmo macho já havia xingado e chamado os Gaúchos de Novo Progresso de Viado".